Appele

As literaturas hispânicas e o ensino de ELE – Espanhol Língua Estrangeira

DESCRIÇÃO

Promovido no âmbito do trabalho de investigação da equipa DIIA ­– Diálogos Ibéricos e Ibero-Americanos, do Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL), este curso de formação pretende apresentar e discutir resultados da pesquisa em torno das literaturas hispânicas recentes, tanto peninsulares como do âmbito hispano-americano, nas suas principais linhas temáticas e de questionamento histórico-cultural. Ao mesmo tempo, propõe-se aos professores de ELE uma reflexão sobre a integração de textos literários (considerados na sua pluralidade retórica e cultural) nos processos de ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira, aferindo as potencialidades e os desafios que tal integração implica tanto para os docentes como para os estudantes.

OBJECTIVOS

Espera-se que os formandos possam:

1. Ampliar o conhecimento sobre diversos aspectos da produção literária hispânica contemporânea, através da leitura e análise de obras variadas.

2. Reflectir criticamente sobre as potencialidades e os desafios inerentes ao uso de textos literários no ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira.

3. Considerar as possibilidades de aplicação didáctica de textos literários no ensino de ELE – Espanhol Língua Estrangeira

4. Produzir comentários críticos e/ou aplicações didácticas relevantes no âmbito do tema do curso de formação.

CONTEÚDOS

O tema “As literaturas hispânicas e o ensino de ELE – Espanhol Língua Estrangeira” será tratado em quatro vertentes:

1) A literatura na aula de ELE: questões teóricas e casos práticos

(apresentação em espanhol)

Formadora: María del Carmen Fondo (FLUL)

3-7 de Maio de 2021

Uma vez que trabalhamos em ambientes didácticos cada vez mais globalizados, com alunos de diferentes proveniências e interesses, o processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras deve implicar diversidade e pluralidade de conteúdos, objectivos e metodologias. Ao mesmo tempo, concebe-se a sala de aula como um espaço de trabalho aberto à divergência e à troca de opiniões e experiências. Neste contexto, identificar-se-á a forma como os textos literários podem ser um recurso didáctico no ensino de ELE, considerando cinco dimensões: o texto literário como fonte de conhecimento do mundo, como input linguístico, como amostra sociocultural, como fim em si mesmo e, ainda, como lugar privilegiado para a experimentação.

2)  Uma perspectiva sobre a literatura espanhola contemporânea

Formadoras: Ângela Fernandes (FLUL) e Fátima Fernandes da Silva (Univ. Franche-Comté)

10-14 de Maio de 2021

Considerando a diversidade temática e retórica da literatura do estado Espanhol, e os significativos casos de bilinguismo literário, visa-se traçar o contexto histórico e analisar um conjunto de obras recentes, verificando as suas potencialidades para o ensino de ELE. Serão exploradas as seguintes linhas de leitura: a memória histórica em “La lengua de las mariposas” (1995), de Manuel Rivas, e El Cartógrafo (2010), de Juan Mayorga; o olhar crítico da ficção científica de Elia Barceló (Futuros peligrosos, 2008); a introspecção e o posicionamento ético e cívico na poesia de Joan Margarit.

3) Uma perspectiva sobre as literaturas hispano-americanas

Formadores: Isabel Araújo Branco (FCSH-NOVA) e José Pedro Sousa (FLUL)

17-21 de Maio de 2021

Procura-se esboçar um olhar sobre as literaturas hispano-americanas do Boom editorial da década de 1960 até à contemporaneidade, identificando alguns momentos decisivos, nomeadamente os objectivos disruptivos e construtivos da Antología McOndo (Chile) e do Manifiesto del Crack (México). O estudo de algumas temáticas específicas, como a violência e a reflexão histórica, culminará no comentário dos seguintes textos: “Hongos” (2013), de Guadalupe Nettel; um excerto de Formas de volver a casa (2011), de Alejandro Zambra, e Agamemnon (2003), de Rodrigo García.

4) A literatura espanhola e hispano-americana nos manuais e na avaliação das aprendizagens de ELE

Formadoras: Isabel Dâmaso Santos (Ens. Bás. e Sec. / FLUL) e Sara Rodrigues de Sousa (Univ. Europeia)

24-28 de Maio 2021

A partir do levantamento de dados acerca do recurso à literatura espanhola e hispano-americana em manuais escolares e outros materiais didáctico-pedagógicos de ELE, quer de proveniência espanhola quer de editoras portuguesas, identificar-se-á que literatura (ou que literaturas) e que autores figuram nestes suportes, bem como o tipo de abordagem que têm suscitado. Será verificada a forma como estas literaturas têm contribuído para o desenvolvimento de conhecimentos em ELE e como têm sido objecto de análise em procedimentos avaliativos das aprendizagens. Pretende-se, assim, tomar consciência documentada das metodologias mais frequentes, com o intuito de melhorar a prática pedagógica neste domínio.

METODOLOGIAS

O curso de formação desenvolver-se-á numa metodologia teórico-prática ao longo de quatro semanas, num total de 25 horas de trabalho. O curso decorrerá integralmente em e-learning.

No início de cada semana haverá uma sessão de grupo síncrona (2 horas) em que será apresentado um tema pelo(s) formador(es) responsável(eis), sendo proposto material relevante para leitura e reflexão dos formandos; a meio da semana, em trabalho individual assíncrono (2h45m), os formandos estudarão os materiais e prepararão um breve comentário, que será depois apresentado e discutido oralmente na sessão síncrona (1h30m) do final da semana.

As sessões síncronas decorrem à segunda-feira (18.30-20.30) e à sexta-feira (18.30-20.00) durante as quatro semanas de duração do curso.

AVALIAÇÃO

Para ser avaliado, cada formando deverá assistir a pelo menos dois terços das sessões síncronas (ou seja, 9h30m) e participar activamente nas sessões de discussão.

Cada formando terá de apresenta dois trabalhos escritos (entre 500 e 600 palavras cada), relativos a dois módulos da sua preferência, enviando-os até 15 de Junho de 2021. Estes trabalhos incidirão em comentários críticos e/ou aplicações didácticas relevantes no âmbito do tema do curso de formação.

Ir para a página web do evento.