Anuncios de la página

(There are no discussion topics yet in this forum)

Available courses

Esta ação de curta duração (ACD) tem como objetivos:

  • Dar a conhecer as potencialidades Google Earth Web na criação de mapas interativos e no desenvolvimento de trabalho colaborativo.
  • Compreender as potencialidades de metodologias com recurso a tecnologias no desenvolvimento de competências fundamentais para o século XXI, previstas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e nas Aprendizagens Essenciais.
  • Promover a utilização de estratégias de aprendizagem ativa com recurso às tecnologias, com o objetivo de incrementar o envolvimento dos alunos e a qualidade das aprendizagens.


Esta ação visa partilhar com os participantes conhecimentos, ferramentas e recursos relacionados com o trabalho da competência intercultural nas aulas de ELE. 


Nesta ação será dado enfoque ao Volume Complementar do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas com o propósito de apresentar as principais mudanças existentes, designadamente as escalas de descritores para as competências da mediação, da interação, plurilingue e pluricultural, bem como fomentar uma reflexão integrada quanto a estratégias de implementação no ensino e aprendizagem. 


Face às dinâmicas da sociedade atual, o desenvolvimento pessoal e profissional dos indivíduos não pode deixar de integrar a sua inclusão no mundo digital. Assim, na contemporaneidade, a existência de uma cultura digital obriga a uma atenção especial quanto à introdução das novas tecnologias digitais no âmbito da docência. Atendendo a este novo contexto tecnológico, surge esta ação de formação que visa promover a literacia e a inclusão digitais para o exercício da prática docente.

A presente ação de formação tem como objetivo principal desenvolver e melhorar a competência digital dos participantes. Para alcançar este objetivo, o curso baseia-se nos documentos de referência The Digital Competence Framework for Citizens DigComp 2.1 (Comissão Europeia, 2017) com tradução para a língua portuguesa: Quadro Europeu de Competência Digital para Cidadãos (Lucas & Moreira, 2018). Tendo em consideração este modelo conceptual, o curso orienta-se e é planificado com o objetivo de que o formando alcance e domine a vertente da competência digital referente à “criação de conteúdo digital”. Deste modo, pretende-se estimular a literacia digital e promover práticas de inovação pedagógica nos processos de ensino-aprendizagem de Espanhol como Língua Estrangeira, tendo como fim último a melhoria dos resultados escolares dos alunos.


Esta ação de curta duração (ACD) surge a partir de la propuesta para replicar el workshop Relating language curricula, tests and examinations to the Common European Framework of Reference (RELANG), organizado por la Direção Geral de Educação (DGE) del 8 al 10 de septiembre de 2021, cuyos ejes temáticos giran alrededor de los descriptores de las competencias plurilingüe y pluricultural y las actividades de mediación en el MCER (2001) y en el Volumen complementario del MCER (2020), así como sus implicaciones didácticas para la enseñanza-aprendizaje de las lenguas extranjeras.


Face às dinâmicas da sociedade atual, o desenvolvimento pessoal e profissional dos indivíduos não pode deixar de integrar a sua inclusão no mundo digital. Assim, na contemporaneidade, a existência de uma cultura digital obriga a uma atenção especial quanto à introdução das novas tecnologias digitais no âmbito da docência. Atendendo a este novo contexto tecnológico, surge esta ação de formação que visa promover a literacia e a inclusão digitais para o exercício da prática docente.

A presente ação de formação tem como objetivo principal desenvolver e melhorar a competência digital dos participantes. Para alcançar este objetivo, o curso baseia-se nos documentos de referência The Digital Competence Framework for Citizens DigComp 2.1 (Comissão Europeia, 2017) com tradução para a língua portuguesa: Quadro Europeu de Competência Digital para Cidadãos (Lucas & Moreira, 2018). Tendo em consideração este modelo conceptual, o curso orienta-se e é planificado com o objetivo de que o formando alcance e domine a vertente da competência digital referente à “criação de conteúdo digital”. Deste modo, pretende-se estimular a literacia digital e promover práticas de inovação pedagógica nos processos de ensino-aprendizagem de Espanhol como Língua Estrangeira, tendo como fim último a melhoria dos resultados escolares dos alunos.


Com esta ação pretende-se abordar a problemática da avaliação, designadamente a formativa, o seu enquadramento no atual paradigma de ensino-aprendizagem de línguas, em particular do Espanhol como Língua Estrangeira, e apresentar exemplos da sua implementação no contexto de sala de aula.


Esta formação procura satisfazer uma das prioridades formativas dos docentes de Espanhol na atualidade e que está relacionada com o desenvolvimento da interação oral no processo de ensino, aprendizagem e avaliação da língua estrangeira. Entende-se a interação oral como uma atividade comunicativa que se pode comparar, até certo ponto, com as tarefas orais levadas a cabo fora da sala de aula. Para tirar proveito das atividades de interação oral, convém estruturá-las tanto do ponto de vista da planificação como do desenvolvimento das aulas e da avaliação, assim como tornar os alunos conscientes desta coerência pedagógica e da necessidade de se envolverem na sua própria avaliação e no controlo das suas aprendizagens. O intuito é que neste curso se procurem respostas a perguntas como: Que tipo de atividades orais precisam de praticar os nossos estudantes? Como delineamos as atividades orais na sala de aula? Como gerir e participar nas atividades orais? Como oferecer um feedback construtivo e de qualidade? Como é que nós, docentes, avaliamos as tarefas orais realizadas pelos nossos alunos?

Com esta ação pretende-se dar a conhecer dinâmicas de trabalho para as aulas de Espanhol Língua Estrangeira, apresentando aos participantes algumas propostas de atividades que poderão implementar com os seus alunos para estimular a sua criatividade, aumentar a sua motivação e contribuir para a qualidade do processo de ensino/aprendizagem. 


Com esta ação pretende-se refletir sobre o papel da tecnologia na prática letiva dos professores de Espanhol Língua Estrangeira, abordando a questão da competência digital, das ferramentas tecnológicas e estratégias disponíveis, e dos usos que delas fazemos nos diversos ambientes de aprendizagem.


Com esta ação pretende-se dar a conhecer algumas das investigações mais recentes na área do ensino do Espanhol como Língua Estrangeira e problemáticas associadas, promovendo a discussão e reflexão entre pares e tendo por base projetos de investigação-ação ou estudos conducentes a diferentes abordagens da língua e cultura espanholas em sala de aula.


Este curso de atualização docente para professores de Espanhol de 3.º Ciclo e de Ensino Secundário que exercem funções no sistema educativo de Portugal (grupo 350) visa preencher um vazio no que diz respeito à oferta formativa existente para este coletivo de docentes. Num cenário educativo em constante mudança, a formação contínua deve ser uma necessidade para todos os docentes empenhados em melhorar a sua prática profissional, uma vez que, «quem se atreve a ensinar, nunca deve deixar de aprender» (John Cotton Dana). Como o ensino de línguas estrangeiras não deve ser alheio a esta necessidade de modernização pedagógico-didática, é fundamental proporcionar aos docentes oportunidades de formação que lhes permitam sair da sua zona de conforto, dando-lhes a conhecer práticas inovadoras, baseadas em metodologias recentes, no sentido de conseguir melhores resultados em sala de aula. Assim, neste curso dedicado ao ensino-aprendizagem do Espanhol como Língua Estrangeira, centrar-nos-emos em três eixos fundamentais: o trabalho com ferramentas digitais («apps»); a imbricação da língua, a literatura e a cultura espanholas; e a gamificação (uso de jogos) para aumentar a motivação.


Materiais do seminário DISSEMINAÇÃO DE PRÁTICAS DE REFERÊNCIA NO ÂMBITO DAS APRENDIZAGENS ESSENCIAIS

A Comunidade de Aprendizagem APPELE (CAA) é um espaço de partilha de experiências, dúvidas, materiais e atividades. Uma comunidade feita pelos/as professores/as de ELE para se apoiarem e valorizarem a sua ação docente. 

Para fazer parte da CAA terá que criar uma conta na plataforma Moodle da APPELE. Em seguida terá que enviar um correio eletrónico ao Centro de Formação da APPELE a manifestar o seu interesse em integrar a CAA: cf.appele@gmail.com